Cadastre-se

O melhor tipo de redação

Por Marla Rodrigues
 


Suma com o

Na hora da redação do vestibular, pinta uma dúvida: que tipo de texto escolher para poder se sair melhor? Essa resposta só mesmo o candidato pode dar ao verificar a proposta do tema da redação, mas o que vai mostrar ao vestibulando com qual estilo textual ele se sai melhor é a prática. Para compreender melhor os diferentes tipos de textos cobrados em provas de redação de vestibular, selecionamos os quatro mais comuns e destrinchamos suas principais características.

Dissertação

É o mais comum dentre os estilos de redação. Baseia-se na exposição de uma idéia e sua defesa por meio de bons argumentos. É muito importante que o candidato consiga fundamentar sua opinião, contrapondo idéias opostas sobre um mesmo assunto. O texto deve seguir a norma culta e as idéias precisam ser desenvolvidas de forma clara, objetiva e o mais impessoal possível.

Narração

É preciso apresentar uma história, um desencadeamento de fatos que envolvam personagens. Assim como toda história, esta deve conter introdução, desenvolvimento com o clímax da narração e fim, com o desfecho da situação. Esta ordem pode ser alterada, desde que o texto continue coerente e atrativo. É possível posicionar-se sobre um assunto por meio de uma personagem ou ainda utilizar o narrador onisciente (aquele que tudo sabe e tudo vê). O uso da norma culta é indispensável e o texto pode apresentar um desenvolvimento mais subjetivo.

Carta

Pode ser escrita de forma mais despojada, se enviada, por exemplo, para um amigo, ou formal, se endereçada a uma autoridade. A estrutura principal é a mesma em ambos os casos: local e data no início da folha, uma saudação (senhor, excelentíssimo, querida...), o texto propriamente dito e uma despedida com assinatura. É importante verificar como o vestibular permite a assinatura – normalmente com um nome fictício que deve ser usado por todos os candidatos – ou se o texto deve terminar na despedida, sem assinatura.

O tipo mais comum de carta é a argumentativa, onde deve ser explicitada a razão de seu pedido ou reclamação. Apesar de parecer com a modalidade de dissertação, uma diferença as separa fortemente: na dissertação, o leitor pode ser qualquer um, enquanto que a carta dirige-se a uma pessoa em especial e, por isso, é preciso adequar a linguagem.

Estilo jornalístico

Dentro deste estilo existem alguns diferentes tipos; os principais, porém, são as reportagens (ou notícias), os editoriais e os artigos. A reportagem, por exemplo, deve apresentar um texto mais objetivo e impessoal, em contrapartida ao editorial e ao artigo que propõem a apresentação e defesa de uma opinião: do autor – se artigo – ou do jornal – se editorial.









Receber respostas por email


  • sexta-feira | 04/07/2014 | Camila da Silva

    Muito aproveitável, gostaria de saber se vocês tem, algo mais apropriado para canditatos a concurso, no caso dissertação. Obrigada.

  • sábado | 05/07/2014 | Jessica Gonçalv...
    1 0

    Olá, Camila. Aqui há dicas para concurseiros: http://concursos.brasilescola.com/dicas/se-prepare-para-prova-redacao-nos-concursos/326.html

  • terça-feira | 24/06/2014 | Ellen Adrienne

    Bom.

  • domingo | 18/05/2014 | margonete rodr...

    Tenho enorme vontade de fazer um curso específico em português, mas principalmente REDAÇÃO, quando tiver me avisa por favor.

Brasil Escola nas Redes Sociais