Cadastre-se

Conservação e Restauro

Por Camila Mitye
 


Somando técnicas modernas e antigas para restaurar casas e obras de arte

Não só de fatos, personagens e relatos é construída a história de um lugar. As ruas, casas e fachadas às vezes falam mais das origens do local que os próprios livros. No Brasil, cidades do interior e de capitais tiveram edificações (casas, prédios residenciais e públicos) tombadas como patrimônio histórico ou cultural. Isso quer dizer que não podem ser demolidos, reformados ou descaracterizados. Assim, eles têm de ser restaurados ou devem receber ações de conservação.

Para isso, são necessários profissionais competentes, com sensibilidade, criatividade, boa capacidade de observação, interesse pelas artes, intuição, capacidade de imaginação, gosto pelo trabalho em equipe e espírito de liderança. Esse é o perfil do tecnólogo em Conservação e Restauro, um profissional capaz de trabalhar com bens imóveis de valor cultural e histórico, protegidos por leis, que representam a identidade de povos e que merecem a atenção da sociedade.

Atividades

Além disso, esse tecnólogo deve reconhecer uma construção de valor histórico e garantir que ela seja bem cuidada e mantida com suas características originais, o que define o seu valor como patrimônio. Veja mais algumas competências do graduado em Conservação e Restauro:
- Elaboração de projetos de conservação e restauração utilizando as tecnologias necessárias;
- Planejamento e administração de obras novas e antigas, com segurança, economia e qualidade;
- Identificação de problemas e busca de soluções para conservar ou restaurar um edifício;
- Trabalho em parceria com arquitetos e engenheiros civis, coordenando equipes de manutenção;
- Realização de treinamento de funcionários (melhoria da mão-de-obra);
- Conhecimento e utilização de técnicas de construção modernas e antigas e suas aplicações às atividades de restauração ou conservação;
- Fiscalização, orientação, supervisão, avaliação e emissão de laudos técnicos de obras de restauração ou conservação;
- Trabalho com pesquisas tecnológicas na área de patrimônios.

Mercado de Trabalho

Para trabalhar nessa área, é preciso conhecer a história do local onde fica o imóvel a ser restaurado, suas raízes, as características e costumes da população local, enfim, é necessário entrar de cabeça no passado e ajudar a preservá-lo.

O atual reconhecimento e a valorização dos bens culturais e históricos como parte das origens da sociedade brasileira ampliou as oportunidades de trabalho para esse tecnólogo. Ele pode atuar em escritórios de arquitetura, construtoras, fundações, ONG’s e órgãos públicos de todas as esferas.

O Curso

O Curso Superior de Tecnologia em Conservação e Restauro tem, em média, 3 anos de duração. A graduação é dividida em metodologias que envolvem técnica, tecnologia, história, habilidades em desenhos e gestão. São oferecidas disciplinas básicas dos cursos de arquitetura e engenharia como solos, química, topografia, desenho, história da arte, urbanismo, resistência de materiais, entre outras.

Pode ter ainda habilitação em bens culturais e artísticos, como telas, esculturas, documentos e instalações. O salário médio para quem começa na carreira de Conservação e Restauro é de R$ 1.400. Quem se habilita nessa área pode trabalhar em ateliês, instituições públicas e fundações.

Instituições

Região Sudeste
Minas Gerais:
IFMG
São Paulo: PUC-SP
 







Receber respostas por email


  • segunda-feira | 30/08/2010 | TAMIRES

    EXISTE UM CURSO TECNICO DE CONSERVAÇAO E RESTAURO NA ESCOLA RODRIGO MELO FRANCO DE ANDRADE FAOP EM OURO PRETO MINAS GERAIS.EU FAÇO PARTE DO CORPO DE RESTAUARACAO 2010.E MUITO BOM,VEM PESSOAS DO ESTADO DA BAHIA POR EXEMPLO SO PARA ESTUDAR,PELA DIFICULDADE DE ESPECIALIZAÇAO NA ÁREA EM OUTROS ESTADOS DO BRASIL,BA POR EXEMPLO.

  • terça-feira | 18/09/2012 | Mary
    0 0

    Oi,estou precisando de uma pessoa para me auxiliar na área de seg do trablaho você tem algum material para me passar?

  • quarta-feira | 29/07/2009 | Fernanda

    Na região sul do país, na Ufpel abriu este ano o curso! Bom para o pessoal da região sul!

  • sexta-feira | 20/02/2009 | Gilmar

    Sou aluno de Conservação e Restauro do CEFET-OP, gostaria de saber se qual a procedência deste piso salarial citado acima, pois os primeiros graduados em nosso curso finalizaram o curso agora em fevereiro de 2009. No mais, o curso é extremamente interessante para quem gosta de arte e arquitetura. Eu recomendo.

Brasil Escola nas Redes Sociais