Cadastre-se

Candidatos do Enem poderão ver as provas corrigidas

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 às 07h49
 

Ontem, 10 de agosto, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) garantindo aos candidatos do exame de verem as provas corrigidas.

No entanto, o acordo vale somente a partir das edições de 2012 do Enem e terá caráter pedagógico, pois os estudantes não poderão recorrer das notas, mas sim avaliar seus erros.

A possibilidade de revisão das notas, solicitada em outras ações, não foi incluída neste acordo, pois atrasaria a divulgação do resultado, devido a grande quantidade de candidatos. O atraso prejudicaria as instituições que utilizam a nota do Enem em suas seleções.

O método de correção de redações, maior alvo de reclamações das notas da última edição, utilizado pelo Inep foi considerado adequado pelo MPF. As redações são corrigidas por dois professores que dão uma pontuação de zero a mil, se entre as notas dadas por eles houver uma diferença maior que 300 pontos, um terceiro corretor faz sua avaliação e dá a nota final.

As provas do Enem 2011 serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro. Já a primeira edição de 2012 irá acontecer em 28 e 29 de abril.

Veja também:
29/07 - A partir de hoje, Enem é obrigatório para pedir financiamento no Fies
Os participantes do Enem têm direito de revisão das notas? Opine!
Saiba mais sobre o Enem

Por Dayse Luan









Receber respostas por email


Brasil Escola nas Redes Sociais