Cadastre-se

Ensalamento da 1ª fase da UFPR sai na próxima segunda-feira

07/11/2008 18h17 - Atualizado em 07/11/2008 18h57
 
A Universidade Federal do Paraná (UFPR), através do Núcleo de Concursos, divulga na próxima segunda-feira (10) os locais de prova da 1ª fase do vestibular 2009 da instituição.

Os 43,5 mil candidatos inscritos devem imprimir o comprovante de ensalamento através da internet. O documento será exigido para o acesso aos locais de prova.

Provas

A 1ª fase acontece no próximo dia 16, domingo, às 14h. Em Curitiba, serão 20 locais de prova. Em Palotina haverá outros quatro.

O exame será composto por 80 questões de conhecimentos gerais relativos aos conteúdos do Ensino Médio. O tempo máximo para a resolução da prova é de 5 horas.

Além do material necessário para a realização da prova (caneta esferográfica de tinta preta, lápis ou lapiseira e borracha), o candidato deverá apresentar o comprovante de ensalamento e o original de um documento oficial de identidade.

A relação dos candidatos aprovados para a 2ª fase do vestibular será divulgada até o dia 3 de dezembro. O Núcleo de Concurso prevê que o número de aprovados varie entre 14 e 15 mil candidatos.

Vagas

A UFPR oferece este ano um total de 5.204 vagas. São 1.105 novas vagas, distribuídas em 21 novas opções de cursos e turnos.

Entre os cursos oferecidos pela universidade, os mais concorridos são Medicina (30,32 candidatos por vaga); Publicidade e Propaganda (21,17); Jornalismo (19,70) e Direito Noturno (17,42).

Conforme o edital do vestibular, 20% do total de vagas (1.041) são reservadas para alunos que estudaram sempre em escola pública, as chamadas cotas sociais. Outros 20% são destinados a alunos negros. Dos 43,5 mil vestibulandos, 8.983 inscreveram-se nas cotas sociais. Outros 1.875, nas cotas raciais. A UFPR reservou ainda uma vaga extra em cada curso para pessoas portadoras de deficiência.

A 2ª fase do processo seletivo está marcada para os dias 7 e 8 de dezembro.

Veja também:
Entenda as diferenças entre cotas sociais e raciais

Por Gabriele Alves







Receber respostas por email


Brasil Escola nas Redes Sociais